segunda-feira, 31 de janeiro de 2011


foto : google imagens/ arquvi pessoal Annesales


Neste momento,
penso em você e então
quisera me transformar em vento.
E se assim fosse,
chegaria agora como brisa fresca
e tocaria leve sua janela.
E se você me escuta e
me permite entrar,
em você vou me enroscar
quase sem o tocar.
Vou roçar nos seus cabelos,
soprar mansinho no ouvido,
beijar sua boca macia,
o embalar no meu carinho
Mas eu não sou vento...
Agora sou só pensamento e
estou pensando em você.
E se abrir sua janela,
eu estou chegando aí,
agora...
neste momento,
em pensamento...
no vento.

(Roberto Shinyashiki)
foto:google imagens

Aperto no peito!!!!!
.......e suas conjugações!

sufocar sufoco sufocas sufoca sufocamos sufocais sufocam sufocava sufocavas sufocava sufocávamos sufocáveis sufocavam sufoquei sufocaste sufocou sufocamos sufocaste sufocaram sufocara sufocaras sufocara sufocáramos sufocáreis sufocaram sufocaria sufocarias sufocaria sufocaríamos sufocaríeis sufocariam sufocarei sufocarás sufocará sufocaremos sufocareis sufocarão sufoque sufoques sufoque sufoquemos sufoqueis sufoquem sufocasse sufocasses sufocasse sufocássemos sufocásseis sufocassem sufocar sufocares sufocar sufocarmos sufocardes sufocarem sufoca sufoque sufoquemos sufocai sufoquem sufoques sufoque sufoquemos sufoqueis sufoquem sufocar sufocares sufocar sufocarmos sufocardes sufocarem sufocar sufocando sufocado !!!!!!!


SOOCOOROOOOOOOOOO!!!!! Estou a sufocar dentro de mim mesma!!!

(Anne Sales)
A ilusão não tira ninguém de onde está. Ilusão é combustível de perdedores. Quem quer fazer alguma coisa, encontra um meio. Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa.
(ROBERTO SHINYASHIKI)


A realização de um sonho depende da dedicação. Há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica. Mas toda mágica é ilusão. E ilusão não tira ninguém do lugar onde está. A ilusão é o combustível dos perdedores
(ROBERTO SHINYASHIKI)


A sociedade exige que sejamos bonzinhos, mas quem é bonzinho o tempo todo acaba enlouquecendo de verdade.
(ROBERTO SHINYASHIKI)

Amar é jamais optar por um determinado caminho, simplesmente porque temos medo de experimentar os outros.
(ROBERTO SHINYASHIKI)

As pessoas costumam sofrer mais do que a situação exige.
(ROBERTO SHINYASHIKI)

Chore sua dor quanto tiver vontade, mas aproveite esse pranto para limpar sua alma de toda revolta. E procure, no momento seguinte, celebrar a vida que continua!
(ROBERTO SHINYASHIKI)

Felicidade é como dieta, todo mundo sabe o que tem de fazer para conseguir seu objetivo, mas a maioria não põe em prática esse conhecimento.
(ROBERTO SHINYASHIKI)

Na Índia os mestres sempre dizem: os problemas são despertadores que tentam acordar as pessoas para a vida. Aproveite para acordar logo, ante que o próximo despertador faça mais barulho.
(ROBERTO SHINYASHIKI)

Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.
(ROBERTO SHINYASHIKI)

O amor é mais pleno quando as pessoas envolvidas não precisam do outro para se sentir realizadas. O amor transcorre mais serenamente entre aqueles que se sentem inteiros, desprendidos e então podem se entregar.
(ROBERTO SHINYASHIKI)
Dois menores e MELHORES contos de fadas do mundo !!!

1.-) Conto de fadas para mulheres do séc. 21
Era uma vez uma linda moça que perguntou a um lindo rapaz:
- Você quer casar comigo?
Ele respondeu: NÃO!
E a moça viveu feliz para sempre, foi viajar, fez compras, conheceu muitos outros rapazes, visitou muitos lugares, foi morar na praia, comprou outro carro, mobiliou sua casa, sempre estava sorrindo e de bom humor, nunca lhe faltava nada, bebia cerveja com as amigas sempre que estava com vontade e ninguém mandava nela.
O rapaz ficou barrigudo, careca, o pinto caiu, a bunda murchou, ficou sozinho e pobre, pois não se constrói nada sem uma MULHER.
FIM!!!
(Luís Fernando Veríssimo)



2.-) Conto de fadas para mulheres do séc. 21
Era uma vez, numa terra muito distante, uma linda princesa independente e cheia de auto-estima que, enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo estava de acordo com as conformidades ecológicas, se deparou com uma rã.
Então, a rã pulou para o seu colo e disse: - Linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito. Mas uma bruxa má lançou-me um encanto e eu transformei-me nesta rã asquerosa. Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir um lar feliz no teu lindo castelo. A minha mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavarias as minhas roupas, criarias os nossos filhos e viveríamos felizes para sempre...
E então, naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã à sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria e pensava: - Nem fo....den...do!
FIM!!!
(Luís Fernando Veríssimo)

http://galera-amc.blogspot.com/2010/03/os-2-melhores-contos-de-fadas-do-mundo.html

sábado, 29 de janeiro de 2011

foto:arquivo pessoal

Instantes que valem uma vida!!!!!

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

..Pesos...
...Medidas...
...Valores......
e depois
dizem que a vida é divertida!!!!!
pensando bem até que é!!! uf
(é o mesmo que afirmar que papai noel e coelhinho da páscoa existem!)
(AnneSales)

Hoje eu preciso te encontrar de qualquer jeito
Nem que seja só pra te levar pra casa
Depois de um dia normal...
Olhar teus olhos de promessas fáceis
E te beijar a boca de um jeito que te faça rir

Hoje eu preciso te abraçar...
Sentir teu cheiro de roupa limpa...
Pra esquecer os meus anseios e dormir em paz!

Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua!
Qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria...
Em estar vivo.

Hoje eu preciso tomar um café, ouvindo você suspirar...
Me dizendo que eu sou o causador da tua insônia...


(fragmentos- Só Hoje- Composição: Fernanda Mello e Rogério Flausino)

Foto: arquivo pessoal:annesales


"(JUIZO) não significa, fazer tudo certo, mas saber a hora certa de fazer a coisa errada" ......

......rsrsr desculpa, foi só para descontrair um pouquinho rsrsr

sábado, 22 de janeiro de 2011

Foto:arquivo pessoal annesales

O OLHAR

O olhar é muito mais do que função fisiológica, É uma linguagem forte. É um universo carregado de sentido. É condensação do mistério do homem. Relata o destino de muita gente. Provoca alterações decisivas na vida.

Mesmo o olhar indiferente suscita reações contraditórias. O olhar é, em grande parte, a morada do homem. O universo do olhar é vasto e misterioso. Olhar habitação que acolhe o próximo que passava desabrigado. Olhar rejeição que distancia o gesto de diálogo. Olhar atração que cativa e envolve o semelhante. Olhar envenenado que espalha ameaça.

Olhar inocente que semeia simplicidade pela face da terra. Olhar malicioso que planta a semente da maldade no corpo dos homens. Olhar indiscreto que revela as intimidades humanas. Olhar sigiloso que arquiva quadros dolorosos e cenas humilhantes. Olhar atento que não desperdiça o menor sinal de boa vontade.

Olhar displicente que esquece a presença do outro. Olhar compreensivo que apaga os rastos dos erros. Olhar intolerante que espreita o deslize da fraqueza. Olhar generoso de Cristo que abraça toda Jerusalém. Olhar mesquinho do fariseu que cata e filtra migalhas.

Olhar pastoral de Cristo que recupera Pedro hesitante. Olhar encolerizado que fulmina o parceiro. Olhar apelo que suplica compaixão e ajuda. Olhar intransigência que cobra a última gota de sofrimento. 'Olhar amor que unifica os que se querem. Olhar ódio que esfaqueia os que se detestam.

Olhar história que vive a evolução das construções, o fluxo das gerações, o movimento dos estilos. Olhar documentação que registra as clareiras dos horizontes, a floração dos campos, o sangue dos acidentes, o desesperado precipitando-se do edifício, o último aceno de quem está se afogando.

Olhar de ansiedade que fica na estrada acompanhando aquele que parte. Olhar de esperança que não sai da estrada, aguardando a volta do filho pródigo. Olhar do recém-nascido que anuncia a chegada de uma existência. Olhar do agonizante que procura perpetuar sua presença entre os que ficam. Olhar evangélico que anuncia o reino de Deus. Olhar céptico que recusa os sinais da esperança.

Olhar consciente que ativa a reflexão humana. Olhar coisificado que manipula os homens como objetos. Olhar libertador que retira o irmão do cativeiro moral. Olhar argentário que industrializa até os sentimentos humanos. Olhar decidido que busca a realização pessoal.

Olhar evasivo que evita o encontro com a realidade. Olhar pacifico que reconcilia as vidas separadas. Olhar reticente que fragmenta a confiança. Olhar de perdão que põe de pé a quem estava caído.

Olhar de rancor que jura vingança impiedosa. Olhar feroz do perseguidor, do tirano, do opressor. Olhar encolhido, amedrontado do perseguido. Mas, que grandeza nesse olhar acuado! A última resistência do homem esmagado se refugia no olhar oprimido.

Diz Levinas que o arbitrário enxerga a sua vergonha nos olhos de sua vítima. Por isso, o agressor procura destruir, eliminar o oprimido. Pois não suporta o olhar que o acusa, que o julga, que o condena.

Mas, o Olhar que a arbitrariedade apaga na vida do oprimido, reacende-se na consciência do tirano como verme roedor. O olhar é também linguagem de Deus.

Copiado por JCSJr. Do livro "ESTRADEIRO" de Juvenal Arduini - Edições Paulinas.
Pensando
....repensando...
.....relembrando...
.....recordando....
....reorganizando..
...a...
...desorganização...
...mental..
...cruxial....
..insistente..
..dolorida....
...exaustiva..
...mais uma vez frustante...

(AnneSales)

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Meu Deus que doidera é essa???? kkkkkkkkkkkk

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Não to nada bem!!!!!! snif

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011


Escrever......
.....colocar na ponta do "teclado" o que eu gostaria de dizer, de gritar....
.....as palavras me veem surgindo na mente...na verdade sempre ali presentes, borbulhando....
.....no entanto, me sinto sem dedos na hora de transcrever para a telinha do meu "PC".
Nem tudo que se passa dentro de mim eu consigo deixar claro...
.....também não sei se isso tudo deve mesmo ser exposto...
.....mas a vontade de jogar abertamente parece deixar meu coração confortado....
...porém na quase certeza de confortar o meu coração, eu possa talvez, afrontar e machucar outros corações....
... logo então, as palavras se dissipam no ar, e meus dedos não obedecem mais aos comandos do meu cérebro....
.....tudo volta a estaca zero, tornando um ciclo vicioso...
....quanto tempo mais viverei assim?!...
.....mesmo tendo a certeza de que a resposta esta dentro de mim.?!
(AnneSales)

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Esperança

Mário Quintana


Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenas
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E
— ó delicioso vôo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança...
E em torno dela indagará o povo:
— Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
— O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA...


Texto extraído do livro "Nova Antologia Poética", Editora Globo - São Paulo, 1998, pág. 118.


"Meu pensamento vai de encontro ao seu...."

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

..sdds

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011









Festival dos alunos 2010 - "Academia do som "

Ana Carolina Sales

Gabriel Sales

domingo, 2 de janeiro de 2011

foto Tadeu Sales


ANO NOVO

“Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias,

a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança,

fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.

Aí então entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez,

com outro número e outra vontade de acreditar

que daqui para adiante vai ser diferente”.

(Carlos Drummond de Andrade)